Entre os casos mais frequentes estão a falsificação de documentos, a venda de propriedades feitas de forma ilegal e propagandas enganosas.