moro depoimentoBRASÍLIA,DF,29.11.2023:MOVIMENTAÇÃO-SENADO-FEDERAL - Senador Sérgio Moro durante CCJ senado Federal, realizado na cidade de Brasília, DF, nesta quarta-feira, 29. (Foto: Wallace Martins/Futura Press/Folhapress)

Moro depõe no TRE e diz que acusações são levianas

A previsão é que o julgamento aconteça em janeiro.

O senador Sergio Moro prestou depoimento no TRE-PR (Tribunal Regional Eleitoral) nesta quinta-feira (7) no âmbito do processo em que é acusado de abuso de poder econômico, político e caixa 2.

“Eles começam falando levianamente que teria caixa 2, que teria um monte de ilicitude. Nada disso foi comprovado, até porque nada disso existe. Vários dos gastos que eles apontam como excessivos não tem nada a ver com a campanha ao Senado do Paraná”, disse ele em pronunciamento após o depoimento.

Além de chamar as acusações de um teatro, Moro falou por pouco menos de uma hora e não respondeu as perguntas feitas pelos advogados dos partidos que o acusam – PT, PC do B e PV.

“Eles precisam provar aquilo que afirmam. Me sinto pessoalmente agredido”. 

O processo agora deve ter as alegações finais apresentadas pela defesa de Moro até a semana que vem. A previsão é que o julgamento aconteça em janeiro, sendo que o senador pode perder o mandato e se tornar inelegível por oito anos caso condenado.

Caso Moro perca o mandato, uma nova eleição ao Senado será convocada no Paraná.