Luciana Saito Massa primeira-dama ParanáFoto: Roberto Dziura Jr/AEN

Luciana Saito Massa pode receber Cidadania Honorária de Curitiba

Primeira-dama do Paraná atua em diversas ações de voluntariado e assistência social no Estado.

A primeira-dama do Paraná, Luciana Saito Massa, pode receber a Cidadania Honorária de Curitiba. A honraria será votada pelos vereadores da Capital nesta terça-feira (5).

A homenagem da Cidadania Honorária foi proposta pelo vereador Professor Euler (MDB), pela forte atuação da primeira-dama em ações de voluntariado e assistência social no Estado.

Luciana Saito Massa preside, de forma voluntária, o Conselho da Superintendência de Ação Solidária do Estado do Paraná, cuja função é prestar apoio e articular a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, envolvendo o Estado, municípios e a sociedade.

“A primeira-dama comanda uma equipe concentrada em promover e estimular a cultura da ação solidária, engajamento ético e o trabalho de voluntariado em todo o Paraná, ações que se tornaram verdadeiro desafio desde o início da pandemia do novo coronavírus, mas que geraram resultados diretos de contribuições e ações solidárias, que ultrapassaram as barreiras geográficas”, justifica o parlamentar.

Luciana Saito Massa Paraná
Foto: Ari Dias/AEN

Luciana Saito Massa e o governador Ratinho Júnior são casados desde 2003. Eles têm três filhos: Alana, Yasmin e Carlinhos. Ela é natural de Registro (SP) e teve uma infância simples na zona rural. Trabalhou na agricultura familiar e foi morar em Curitiba, ainda adolescente, para estudar.

A Cidadania Honorária é a principal homenagem entregue pela Câmara de Curitiba a pessoas nascidas em outras cidades.

Se aprovada em primeiro turno, a homenagem volta a ser apreciada pelos vereadores na quarta-feira (6), para a confirmação em plenário.