Bolsonaro não aplaude fala de Moraes sobre urnas em cerimônia no TSE

O presidente costuma atacar as urnas eletrônicas e insinuar que a corte eleitoral pretende fraudar o pleito deste ano contra ele.


Enquanto Alexandre de Moraes era ovacionado durante fala em defesa do sistema eleitoral, em sua posse como presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o presidente Jair Bolsonaro (PL) apenas acompanhava a cerimônia e não aplaudiu o ministro.


O presidente Bolsonaro costuma atacar as urnas eletrônicas e insinuar que a corte eleitoral pretende fraudar o pleito deste ano contra ele.


No entanto, longos aplausos ocorreram diante de Bolsonaro, que estava sentado na mesa principal do plenário da corte.


Moraes fez um discurso com diversos recados ao chefe do Executivo. Exaltou o fato de o TSE ser capaz de divulgar o resultado das eleições no mesmo dia em que os eleitores vão aos colégios eleitorais devido às urnas eletrônicas e elogiou seu antecessor, Edson Fachin, que protagonizou diversos embates com Bolsonaro.


“Somos a única democracia do mundo que apura e divulga os resultados eleitorais no mesmo dia, com agilidade, segurança, competência e transparência. Isso é motivo de orgulho nacional”, disse.