Foto: Gilson Abreu/AEN

Setor de veículos seminovos e usados cresce no Paraná e mantém otimismo para 2024

Mais de 1,2 milhão de veículos do segmento foram comercializados ano passado no Estado.

O comércio de veículos seminovos e usados cresceu 8.9% em 2023 no Paraná, em comparação com o ano anterior, de acordo com a Assovepar (Associação dos Revendedores de Veículos do Paraná). Para 2024, o setor mantém o otimismo e projeta uma nova alta, impulsionada pela baixa na taxa de juros e o acesso facilitado ao crédito.

Conforme a entidade, mais de 1,2 milhão de veículos seminovos e usados foram comercializados no período no Estado. Em todo o Brasil, esse número ultrapassou os 14 milhões, o segundo maior já registrado no país.

“A expectativa é que em 2024 continue com esse crescimento. O acesso ao crédito está ficando mais facilitado e flexível por conta da baixa na inadimplência, e também com a queda da taxa de juros o consumidor consegue pagar uma parcela menor”, avalia Rodrigo Dal Bello, diretor da Assovepar.

O preço dos seminovos e usados é um dos principais atrativos aos consumidores que buscam comprar um veículo. Conforme Dal Bello, há situações em que é possível comprar um carro mais completo por mesmo valor de um veículo popular zero quilômetro.

“No caso do carro usado em relação ao zero, como o zero subiu demais no período da pandemia, o usado tem uma diferença bem grande de valor. Então ele consegue comprar um veículo mais completo e com um motor mais potente, muitas vezes com o mesmo valor ou até menor que um carro popular zero quilômetro”, completa o especialista.

Se a escolha for pelo carro seminovo ou usado, algumas dicas são importantes para evitar dores de cabeça. Uma das principais é buscar veículos em lojas conhecidas no mercado, que garantam carros com boa procedência – e, claro, fazer um test drive antes de fechar o negócio.

“A principal dica que eu posso dar para o consumidor de carro quando ele quer comprar um veículo seminovo é procurar por lojas que são referência, que são conhecidas no mercado e possuem carros de procedência. Também existe a possibilidade da compra de carros com inspeção veicular, com laudo de empresas terceiras especialistas, que conseguem ver tanto a parte estrutural quanto o histórico do veículo”, encerra o diretor da Assovepar.

Com informações da BandNews Curitiba.