Divulgação/Catarina Franceira

RB| Abrabar e outras entidades iniciam movimento a favor da Economia Verde no Paraná

A implantação da Economia Verde – que concilia desenvolvimento econômico e meio ambiente – passa pela articulação entre ..

A implantação da Economia Verde – que concilia desenvolvimento econômico e meio ambiente – passa pela articulação entre governos, sociedade civil e empresas. Com base neste conceito e na atual discussão em torno das reformas estruturais indispensáveis para o Brasil, em especial a Reforma Tributária, a Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas do Paraná (Abrabar), a Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio – Abralatas dão início ao movimento que defende a implementação de um modelo de Economia Verde no Estado do Paraná.

No Brasil, a tributação diferenciada de acordo com o impacto ambiental já está prevista na Constituição, que em seu artigo 170 estabelece: “a ordem econômica tem como objetivo assegurar a todos uma existência digna, observada a defesa do meio ambiente, inclusive mediante tratamento diferenciado conforme o impacto ambiental dos produtos e serviços e de seus processos de elaboração e prestação”.

O movimento em pró da Economia Verde já tem uma estrutura nacional, surgiu em 2018, no Congresso Nacional, a Frente Parlamentar da Economia Verde, composto por congressistas e dezenas de entidades que defendem um sistema tributário que considere o impacto ambiental de produtos e serviços, e estimulam iniciativas em pró do meio ambiente nas esferas municipais, estaduais e no nível federal.

Em visita ao Prefeito Marcelo Rangel em Ponta Grossa, as entidades apresentaram o plano de divulgação que ocorrerá ao longo do ano de 2020 no Estado do Paraná.

Para Fabio Aguayo, presidente da Abrabar “Importante simbolicamente anunciarmos aqui em Ponta Grossa, pois esta cidade se tornou um dos maiores polos industriais do Brasil unindo apoio à produção industrial, fomento do comércio e turismo sempre com a devida consciência ao tema ambiental”.

Acrescenta Aguayo “Esperamos um maior engajamento da população paranaense e convidamos a outras entidades a somarem forças no tema da economia verde”.

Aguayo ressalta ainda que “Aqui na cidade temos ações da prefeitura que ganharam reconhecimento em premiações nacionais, estimular aos nossos clientes nas boas ações para ajudar a qualidade de vida no município”.