Geral
Mais de 2,5 mil pessoas foram acolhidas no fim de semana, em Curitiba
Andre Wormsbecker / FAS

Mais de 2,5 mil pessoas foram acolhidas no fim de semana, em Curitiba

Ação intensificada segue até terça-feira (2)

Mirian Villa - segunda-feira, 1 de julho de 2024 - 11:21

No último fim de semana de junho, mais de 2,5 mil pessoas foram acolhidas em Curitiba pelas equipes da FAS (Fundação de Ação Social), quando a temperatura mínima chegou a 3ºC. Foram realizadas também 492 abordagens, das quais 170 aceitaram o atendimento.

Conforme a Prefeitura, 1.347 pessoas foram acolhidas nos abrigos municipais no sábado (29), e no domingo (30), foram 1.322 atendimentos. Curitiba disponibiliza 31 unidades, onde a população de rua pode se higienizar, se alimentar e se proteger, especialmente à noite, quando o frio é mais severo.

Para aqueles que recusaram o acolhimento e estavam com pouca proteção contra o frio, as equipes da FAS distribuíram cobertores (110). A presidente da FAS, Maria Alice Erthal, explica que as pessoas que recusam acolhimento são monitoradas, principalmente durante a noite. “Nosso objetivo é preservar a vida dessas pessoas, evitando agravos à saúde ou até mesmo a hipotermia, que pode ocorrer quando as temperaturas são inferiores a 8ºC.”

Das abordagens realizadas, 260 foram solicitadas pela Central 156 – o canal de comunicação da Prefeitura com a população –, e 232 resultaram de busca ativa, quando as equipes da FAS saem às ruas à procura de pessoas desabrigadas.

Durante o fim de semana, duas pessoas foram levadas para unidades de saúde pelos educadores sociais e outras duas necessitaram de atendimento médico do Samu. Além disso, 14 pessoas, até então desconhecidas das equipes, puderam fazer o Cadastro Único, sistema do governo federal necessário para o acesso a benefícios sociais como o Bolsa Família.

Ações de acolhimento em Curitiba continuam

Com a previsão de continuidade do frio, a FAS manterá a ação intensificada nesta segunda-feira (1º) e terça-feira (2). A Prefeitura pede a colaboração da população para proteger as pessoas em situação de rua, orientando que entrem em contato com a Central 156, por telefone, site ou pelo aplicativo Curitiba 156, sempre que avistarem alguém nessa condição.

Atualmente, a FAS dispõe de 1.549 vagas de acolhimento em 31 unidades, próprias e parceiras, número que pode ser ampliado conforme a necessidade.

Compartilhe