BR-376: rodovia registra filas após novo bloqueio; acompanhe

A interdição na 376 é preventiva devido ao volume de chuvas e o risco de novos deslizamentos; há congestionamentos em ambos os sentidos da rodovia.

A BR-376 voltou a ser interditada na início da madrugada desta quinta-feira (2), em função das fortes chuvas que caem sobre a região da Serra do Mar nos últimos dias. O bloqueio preventivo é total e não há previsão de liberação. O trânsito na rodovia, que liga o Paraná à Santa Catarina, começa a se intensificar nesta manhã, com o registro de filas. Acompanhe em tempo real.

O bloqueio total da rodovia acontece no km 669, em Guaratuba, e foi confirmado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a Arteris Litoral Sul, concessionária que administra o trecho.

Apesar do volume de chuva, as autoridades não confirmam novos deslizamentos de terra no trecho.

A BR-376 será liberada somente quando as condições de segurança forem restabelecidas no trecho. Essa análise é de responsabilidade da concessionária, que irá informar a PRF. Uma vez liberada, a polícia coordenará uma operação de liberação do tráfego.

Filas na BR-376

Todos os veículos estão sendo orientados a retornarem a partir do Posto da PRF de Tijucas do Sul (sentido Santa Catarina), no km 662, e na praça de pedágio de Garuva (sentido Curitiba), no km 1 da BR-101.

De acordo com a Arteris Litoral Sul, as filas no sentido Curitiba alcançam 14,5 km, na região de Garuva. 

Já no sentido Santa Catarina, são dois pontos de congestionamento no momento: 

  • 12 km na altura do km 662, no posto da PRF
  • 8 km em São José dos Pinhais (km 633)

O local onde ocorre o bloqueio da BR-376, no km 669, é a mesma região onde aconteceram os deslizamentos de terra no fim de novembro do ano passado. A tragédia causou duas mortes, sendo que seis pessoas foram resgatadas.