Foto: Divulgação/ CCR Aeroportos

Aeroporto Afonso Pena inaugura nova rota de transporte de cargas internacional

O terminal é atualmente o maior hub de transporte aéreo de mercadorias do Sul.

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, inaugurou uma nova rota de transporte de cargas internacional. O novo voo vindo de Amsterdã, na Holanda, será realizado semanalmente, aumentando o fluxo de importações e exportações que passam pelo principal terminal aeroviário paranaense.

Conforme a CCR Aeroportos, que administra o Afonso Pena, o aeroporto é atualmente o quinto do país em volume de importações. Com a nova rota internacional cargueira, o espaço conta agora com dez trajetos de transporte de cargas vindas do exterior.

“Operado pela LATAM em um Boeing B767-300, o novo voo vindo de Amsterdã será realizado semanalmente. Serão três operações semanais aos domingos, quartas e sextas-feiras”, explica a CCR Aeroportos.

O terminal de cargas do Aeroporto Internacional Afonso Pena é administrado pela empresa PacLog, em parceria com a CCR Aeroportos.

Maior hub de transporte aéreo de mercadorias do Sul

O novo voo vindo de Amsterdã tem capacidade de transporte aproximada de 52 toneladas de produtos, volume suficiente para colaborar com o crescimento do fluxo de cargas do aeroporto que é o maior hub de transporte aéreo de mercadorias do Sul do Brasil, com larga vantagem.

Entre os itens importados e que desembarcam na Região Metropolitana de Curitiba estão os do segmento farmacêutico, além de maquinários e peças e itens tecnológicos. Juntos, estes produtos respondem por pouco mais de dois terços do volume de importação do terminal de cargas.

Desde o início de 2023, o terminal de cargas do Afonso Pena registrou crescimento estimado de 66% em relação ao volume de voos internacionais cargueiros. São quatro rotas semanalmente vindas dos Estados Unidos e outras seis da Europa.

Ainda conforme a administração do terminal aeroviário, há demanda suficiente para pelo menos dobrar este volume de voos nos próximos anos. O aeroporto na Grande Curitiba é especialmente estratégico para o fluxo nacional de importações e exportações dada a alta demanda do setor industrial das regiões Sul e Sudeste.

“Estamos diante de um incremento expressivo de operações do terminal de cargas no Afonso Pena. Trabalhando em parceria com a PacLog, temos conseguido consolidar CWB como um dos hubs logísticos aéreos de maior destaque do País. Essa rota vinda da Europa apenas reforça uma tendência de crescimento que está evidenciada com o surgimento contínuo de novos voos desde o início do ano passado. Estamos satisfeitos com o momento e confiantes de que teremos ainda mais rotas ao longo dos próximos anos”, afirma a gerente de cargas da CCR Aeroportos, Lilian Françoso.