Negócios
Obras do mercado público de Foz do Iguaçu são finalizadas
Kiko Sierich/PTI

Obras do mercado público de Foz do Iguaçu são finalizadas

A gestão do empreendimento fica sob responsabilidade do Parque Tecnológico Itaipu

Mirian Villa - quarta-feira, 12 de junho de 2024 - 12:18

As obras do Mercado Público de Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná, está finalizada e a entrega está marcada para o dia 24 de junho. O evento marcaa assinatura de contratos com os permissionários dos boxes comerciais e sociais, bem como com os artistas que integrarão o Circuito Cultural do Mercado.

Os lojistas estão, atualmente, trabalhando nos projetos arquitetônicos de seus espaços, visando garantir que cada local esteja devidamente preparado para atender o público com qualidade. Como nem todos conseguiriam abrir neste primeiro momento, a decisão consensual foi de prorrogar o prazo de abertura.

Um dos momentos mais aguardados será a revelação do nome do Mercado Público. Após meses de especulações e expectativas, o nome do novo empreendimento será anunciado. “A entrega do Mercado para os lojistas é o primeiro passo para o funcionamento do espaço, já que eles são o coração do empreendimento. Nosso papel, agora, será de apoio e fomento, para que o local se consolide como um ponto de encontro de cultura e de turismo. O local é um ponto de conexão histórico entre o centro da cidade e a região das vilas construídas por Itaipu e precisamos reconhecer e valorizar essa história”, comenta o Diretor Geral-Brasileiro da Itaipu Binacional, Enio Verri.

“Esta será, oficialmente, a primeira vez que o Mercado receberá visitantes”, explica Yuri Benites, Diretor de Turismo do PTI. Durante a cerimônia, os convidados conhecerão alguns dos serviços que serão oferecidos pelos lojistas, já que toda a parte de alimentação e bebidas será fornecida pelos comerciantes que já possuem contratos assinados com o PTI. “Dentro do Mercado, o evento contará com exposição artística preparada por artistas e artesãos locais”, confirme Yuri.

Mercado Público de Foz do Iguaçu

O antigo prédio da Companhia Brasileira de Alimentos – Cobal, que funcionou até 1990, é a casa do Mercado Público. Localizado no encontro das Avenidas Araucária e Tancredo Neves, o espaço de mais de 4.700 mil m2 de área construída, fica ao lado do Sesc Paraná.

Passa por ali quem visita a zona Norte de Foz do Iguaçu, que contempla a Itaipu Binacional e seus atrativos, Gramadão, Vilas A, B, C, Porto Belo, Cidade Nova, entre outros bairros. Além disso, fica a menos de 2km da aduana do Brasil e Paraguai, estando na rota turística de quem visita o país vizinho.

Com um mix de produtos pensado para atender as expectativas de quem visita o “mercadão” da cidade, o local será como a tríplice fronteira entre o Brasil, Paraguai e Argentina: plural entre suas singularidades. Diante das oportunidades proporcionadas pela localização estratégica do Mercado e pela forte presença e envolvimento dos lojistas na gestão do espaço, ele nasce como mais um atrativo turístico da cidade.

Gestão do empreendimento

A administração fica sob responsabilidade do Parque Tecnológico Itaipu, que possui mais de 15 anos de experiência em gestão de atrativos. “Quando pensamos em um Mercado Público, pensamos em turismo de experiência. Aqui o viajante será convidado a mergulhar na essência da cultura local, e por sua vez, poderá perceber a quão diversa ela é”, comenta Yuri.

Dando o merecido espaço aos pequenos produtores locais, o Mercado será mais uma oportunidade para o empreendedor trabalhar seu desenvolvimento econômico-financeiro.

Circuito cultural

Olhando para o enriquecimento cultural por meio da promoção da diversidade da região, será oferecida uma variedade de eventos culturais para a comunidade e visitantes. “Serão 03 anos de Circuito Cultural garantidos por Itaipu. Em breve abriremos edital para que os artistas regionais possam se inscrever e participar. Queremos música, teatro, dança, exposições, rodas literárias. Estaremos abertos às propostas que receberemos dos artistas e coletivos de cultura”, comenta o Diretor de Coordenação da Itaipu Binacional, Carlos Carboni.

A iniciativa visa dar destaque para talentos regionais, consolidando o Mercado Público como um ponto de encontro cultural vibrante. “Realizaremos eventos culturais especiais em feriados e datas comemorativas do calendário municipal, planejados e adaptados para refletir as tradições regionais, bem como para proporcionar entretenimento para todas as idades”, comenta o Coordenador de Cultura do PTI, Felipe Cavalcante.

Compartilhe