Café: safra paranaense deve render 41,4 mil toneladas

O volume, que representa cerca de 690 mil sacas, é 42% maior ao obtido no ciclo anterior da cafeicultura no Estado.

O Paraná deve colher 41,4 mil toneladas de café na safra atual. O volume, que representa cerca de 690 mil sacas, é 42% maior ao obtido no ciclo anterior (29,2 mil toneladas), de acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral).

O órgão divulgou nesta quinta-feira (3) os dados do Boletim de Conjuntura Agropecuária, referentes à semana de 28 de julho a 3 de agosto.

O levantamento aponta que foram colhidos 63% do volume esperado da produção da cafeicultura no Paraná até o fim de julho.

O boletim indica, ainda, que as lavouras de café em idade produtiva ocupam 25,8 mil hectares no Estado, com 91% em condições boas. Da produção por colher, 96% estão em maturação e 4% em frutificação.

O preço recebido pelos cafeicultores do Paraná em julho ficou em R$ 720,90 por saca de 60 quilos. O valor é 42,3% inferior aos R$ 1.250,03 praticados há um ano

Em razão da queda substancial, o documento aponta que poucos negócios têm sido feitos até o momento, visto que o preço cobre apenas os custos variáveis.