Geral
Litoral do Paraná oferece belezas naturais para curtir o friozinho
José Fernando Ogura/AEN

Litoral do Paraná oferece belezas naturais para curtir o friozinho

Um dos destinos mais procurados é a Ilha do Mel

Mirian Villa - sábado, 22 de junho de 2024 - 12:00

A chegada da estação mais fria do ano é também uma excelente oportunidade para conhecer melhor as atrações naturais e históricas do Litoral do Paraná, já que as praias estão mais vazias e os preços mais acessíveis para os turistas.

Nesta época, a região costuma ter temperaturas mais agradáveis do que em Curitiba. Com uma variada programação gastronômica e cultural, o litoral também tem eventos tradicionais e religiosos que movimentam o turismo entre junho e julho. Como, por exemplo, a Festa do Divino em Guaratuba, a Festa da Tainha na Ilha do Mel, a Festa Nacional da Tainha em Paranaguá, e o Festival de Gastronomia Caiçara de Pontal do Paraná.

Um dos destinos mais procurados é a Ilha do Mel, que tem 30 opções de praias, uma rica biodiversidade e atrações históricas, como a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres e o Farol das Conchas. “Neste período a Ilha do Mel fica ainda mais acolhedora. Com as trilhas e praias mais vazias, os visitantes podem conhecer melhor os atrativos turísticos e a cultura caiçara, experimentando a culinária típica da Ilha que, nesta época tem a tainha como o carro-chefe, já que é o principal peixe da estação”, destaca o empresário Tairone Passos, proprietário da Pousada Ilha do Mel Lodges.

As belezas naturais são um dos principais diferenciais da Ilha, com a Baía dos Golfinhos e a Gruta das Encantadas, por exemplo. Tairone Passos lembra que a Ilha do Mel é destino certo dos amantes dos esportes durante todo o ano, com atividades como surf, bodyboard, stand up paddle com os golfinhos e passeios de jet ski e vela. E com as praias mais tranquilas é possível fazer trilhas ecológicas a pé ou de bike e caminhadas noturnas para contemplar o céu estrelado ou o mar iluminado pela presença de plânctons (espécies marinhas com bioluminescência que são comuns na praia neste período).

“Aqui na Ilha, a circulação é feita apenas a pé ou de bicicleta, o que torna a experiência ainda mais especial, promovendo uma verdadeira imersão dos visitantes junto à natureza, já que as trilhas que levam às praias e aos pontos turísticos são em meio à vegetação natural”, afirma Tairone Passos.

Os visitantes podem escolher entre as comunidades de Nova Brasília e de Encantadas, sendo que ambas possuem uma excelente infraestrutura turística com hotéis, pousadas, bares e restaurantes, e muitos estabelecimentos trabalham com tarifas diferenciadas nesta época do ano. Por ser uma reserva natural, o acesso à é limitado a 5 mil pessoas e é feito apenas por via marítima, por embarcações que saem do terminal de embarque de Paranaguá e de Pontal do Sul, no município de Pontal do Paraná.

*Com assessoria.

Compartilhe