Esportes
Thiago Heleno rebate Cuca e diz que nunca vai abandonar o barco no Athletico
(Foto: José Tramontin/Athletico)

Thiago Heleno rebate Cuca e diz que nunca vai abandonar o barco no Athletico

Zagueiro nega qualquer discussão com o gestor Paulo Miranda

Pedro Melo - quarta-feira, 26 de junho de 2024 - 22:13

O zagueiro Thiago Heleno, capitão do Athletico, rebateu a falta do técnico Cuca e negou qualquer briga com gestor desportivo Paulo Miranda. Em entrevista na terça-feira (25), o treinador afirmou que uma confusão entre o ‘General’ e o dirigente foi o motivo do pedido de demissão.

Após a derrota para o Cruzeiro por 2 a 0, nesta quarta (26), Thiago Heleno criticou o ex-comandante e disse que Cuca abandonou o barco em um momento de necessidade. “Muito chateado pela nossa situação. Esse assunto do Cuca tem que encerrar, já passei por situações difíceis por aqui e não abandonei o barco. Ele realmente não quis. Página virada, não teve nenhuma discussão e nenhuma briga. Nós ficamos surpresos no dia seguinte. Só quero deixar claro que não houve nada”, disse.

“Eu, particularmente, tentei ajudar o Cuca aqui dentro, muitos atletas já estavam abandonando o barco pela direção dele. Nós fomos dando força para a rapaziada, tem mais coisas por trás, mas não cabe ao Thiago vir falar sobre a saída do Cuca. Quando mais precisamos, ele acabou saindo do barco. Isso eu não vou fazer nunca. Estamos para ajudar o Athletico, não conseguimos sempre corresponder do jeito que a torcida quer”, acrescentou Thiago Heleno.

O QUE CUCA FALOU SOBRE THIAGO HELENO?

O técnico Cuca afirmou que uma discussão no vestiário foi o motivo de ter colocado o cargo à disposição do Athletico. O desentendimento ocorreu no último domingo (23), logo após o empate em 1 a 1 com o Corinthians.

Segundo Cuca, em entrevista à Rádio Transamérica, o atrito foi entre o zagueiro Thiago Heleno e o gestor desportivo Paulo Miranda. “O vestiário é sagrado. O treinador pega a palavra e agradecemos, independente do resultado. Naquele momento, estava havendo uma discussão, entre o Thiago Heleno e o Paulo Miranda, que é excelente pessoa, do bem e muito útil no Athletico. Uma cobrança, o jogador retrucando, e eu senti, naquele momento, que ia desandar. Se você deixa desandar, você não é o comandante”, disse.

AGENDA DO ATHLETICO

  • Vitória – domingo (30/06), às 18h30, no Barradão (Brasileirão)
  • São Paulo – quarta-feira (03/07), às 21h30, na Ligga Arena (Brasileirão)
  • Atlético-GO – domingo (07/07), às 18h30, no Antônio Accioly (Brasileirão)
  • Ypiranga – sábado (13/07), às 18h, na Ligga Arena (Copa do Brasil)

Compartilhe