Esportes
Auxiliar do Athletico trata gol sofrido contra o Botafogo como “fatalidade”
(Foto: José Tramontin/Athletico)

Auxiliar do Athletico trata gol sofrido contra o Botafogo como “fatalidade”

Daniel Cerqueira foi um dos comandantes na ausência do técnico Cuca

Pedro Melo - quinta-feira, 20 de junho de 2024 - 09:00

Um dos comandantes do Athletico por conta da suspensão do técnico Cuca, o auxiliar Daniel Cerqueira afirmou que o gol sofrido contra o Botafogo foi uma “fatalidade”.

O Rubro-Negro vencia o jogo até os 52 minutos do segundo tempo, mas sofreu um gol de cabeça no último lance e empatou em 1 a 1. Se tivesse vencido, o Furacão ia dormia na liderança do Campeonato Brasileiro.

“Se tem uma coisa que os trabalhos do Cuca são muito fortes são os lances de bola parada ofensiva e defensiva. Treinamos muito, temos um desempenho muito bom, mas fatalidades acontecem. É difícil encontrar uma explicação lógica para dois lances como esses em menos de 72 horas. Falta de trabalho não é”, declarou o assistente.

O jogo poderia ter uma história diferente se o Athletico fosse mais efetivo. Depois do gol de Mastriani, o Rubro-Negro teve, no mínimo, mais duas chances de ampliar a vantagem, mas desperdiçou. A mais clara delas foi com Tomás Cuello, que ficou cara a cara com o gol, mas chutou em cima do goleiro John.

“Claro que podemos ter um pouco mais de capricho nas finalizações. É uma coisa que treinamos muito, todo pós treinos. Treinamos finalizações de todos os jeitos. Hoje o John foi um dos melhores em campo. Fez uma grande partida. Se tem alguma coisa que não falta para nós é trabalho. Mas está faltando um detalhezinho”, afirmou Cerqueira.

O Athletico volta a campo no próximo domingo (23), às 16h, para enfrentar o Corinthians, na Ligga Arena.

AGENDA DO ATHLETICO

  • Corinthians – domingo (23/06), às 16h, na Ligga Arena (Brasileirão)
  • Cruzeiro – quarta-feira (26/06), às 19h, no Mineirão (Brasileirão)
  • Vitória – domingo (30/06), às 18h30, no Barradão (Brasileirão)
  • São Paulo – quarta-feira (03/07), às 21h30, na Ligga Arena (Brasileirão)
  • Atlético-GO – domingo (07/07), às 18h30, no Antônio Accioly (Brasileirão)

Compartilhe