Esportes
Athletico tem novo apagão e cede empate ao Corinthians nos acréscimos pelo Brasileirão
Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Athletico tem novo apagão e cede empate ao Corinthians nos acréscimos pelo Brasileirão

Aconteceu, de novo: pelo terceiro jogo seguido, Furacão leva gol no apagar das luzes; veja os gols.

Rafael Nascimento - domingo, 23 de junho de 2024 - 18:02

O Athletico empatou com o Corinthians em 1 a 1 na tarde deste domingo (23), e desperdiçou a chance de colar nos líderes Campeonato Brasileiro. A partida foi válida pela 11ª rodada da competição e disputada na Ligga Arena, em Curitiba.

O Furacão vinha de dois empates, diante de Flamengo e Botafogo, ambos com gols sofridos no último minuto, e novamente o pesadelo Rubro-Negro aconteceu.

O meia Christian, do alto de seus 1,78 m, de cabeça, anotou o gol do Athletico. No fim, aos 46 do segundo tempo, o zagueiro Cacá empatou o jogo.

Com o resultado, o Rubro-Negro deixa o G-4 e agora soma 19 pontos, como 5º colocado. O líder é o Flamengo, com 24 pontos.

Já o Timão segue na zona de rebaixamento, na 18ª colocação e oito pontos.

Athletico e Corinthians voltam a campo na próxima quarta-feira (26). O Rubro-Negro viaja até Belo Horizonte para encarar o Cruzeiro, às 19h, no Estádio Mineirão. Já o Timão recebe o Cuiabá, às 20h, na Neo Química Arena.

Inacreditavelmente, Rubro-Negro volta a sofrer gol no apagar das luzes

Empurrado pela torcida que lotou a Ligga Arena, com quase 35 mil pessoas, o Athletico levou perigo já nos minutos iniciais, com domínio da posse de bola e rondando a área adversária. Aos 6, Cuello tabelou com Christian, mas errou o alvo.

O Corinthians chegou pela primeira vez aos 10, com arremate de longe de Rodrigo Garro, sem direção. No minuto seguinte, Raniele encontrou espaço pelo meio e serviu Wesley, mas o atacante do Timão chutou em cima de Léo Link.

Explorando especialmente os lados do campo, o Furacão seguiu com as melhores investidas e dava trabalho à cozinha corinthiana e ao estreante Matheus Donelli.

A primeira chance clara de gol saiu dos pés de Mastriani, aos 31: o camisa 9 recebeu na altura da meia e o chute por muito pouco não entrou. Fernandinho, aos 33, também arriscou de fora da área e acertou a rede pelo lado de fora.

O time paulista voltou a atacar no fim da primeira etapa, novamente com Wesley e com Breno Bidon, mas Léo Link levou a melhor nos lances.

Mais que maduro, o gol athleticano saiu aos 44: Esquivel alçou a bola pela direita na medida para Christian, que subiu mais que os marcadores e venceu Mattheus Donelli: 1 a 0.

Com mais mobilidade, o Corinthians voltou melhor para o segundo tempo e encontrou espaços para ser mais agudo. Antes dos 10 minutos o time finalizou quatro vezes.

As principais chances de gol, entretanto, seguiam com o Furacão. Matheus Donelli abafou o chute de Mastriani, após bate-rebate na área. Na sequência, foi a vez do travessão salvar o Timão, num chutaço de Cuello.

A Athletico parecia estar escaldado por levar gols nos acréscimos em seus dois últimos jogos. Mas aconteceu, de novo. A marcação vacilou na reta final do jogo e Cacá, aos 46, salvou o Timão da derrota e empatou o jogo: 1 a 1.

Campeonato Brasileiro – 11ª rodada

Athletico 1×1 Corinthians

Local: Ligga Arena, em Curitiba

Gol: Christian (CAP), aos 44 do 1º tempo e Cacá (COR), aos 46 do 2º tempo

Cartões amarelos: Pedro Raul (COR), Fernandinho e Di Yorio (CAP)

Athletico: Léo Linck; Madson, Thiago Heleno, Kaique Rocha e Esquivel; Erick (Gabriel), Fernandinho e Christian (Zé Vitor); Nikão (Julimar), Mastriani (Bruno Zapelli) e Tomás Cuello (Di Yorio). Técnico: Cuca.

Corinthians: Matheus Donelli; Léo Maná (Matheuzinho), Cacá, Caetano e Hugo (Matheus Araújo); Raniele, Breno Bidon, Rodrigo Garro; Gustavo Mosquito (Igor Coronado), Wesley (Kayke) e Pedro Raul (Arthur Sousa). Técnico: António Oliveira.

Compartilhe