athletico-ligga-arena(Foto: Geraldo Bubniak/AGB)

Athletico pode jogar mais uma partida com portões fechados

Pleno do TJD-PR julga na próxima quinta a suspensão da conversão de pena

O Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR) vai julgar na próxima quinta-feira (1º) a suspensão da conversão de pena do Athletico. O Rubro-Negro corre o risco de jogar mais uma vez com portões fechados e ainda pode ser multado em até R$ 100 mil.

A conversão de pena foi suspensa pelo TJD-PR na segunda-feira (29). O motivo é que torcedores brigaram no lado de fora da Ligga Arena enquanto acontecia a partida com o Maringá, no último sábado (27).

Depois de contar apenas com mulheres, crianças até 12 anos e PCDs (pessoas com deficiências) nos dois primeiros compromissos em casa, o Furacão teria idosos e PCDs no jogo de sábado com o PSTC. Agora, as arquibancadas estarão vazias.

RELEMBRE O CASO DO ATHLETICO

O Athletico foi punido com três jogos por briga de jogadores e invasão de campo durante o clássico contra o Coritiba, no Campeonato Paranaense de 2023. O clube, no entanto, conseguiu a conversão de pena e teve público limitado.

Nas partidas contra Maringá e Galo Maringá, apenas mulheres, crianças até 12 anos e PCDs estavam liberadas. Mais de 67 mil pessoas lotaram as arquibancadas nos dois jogos – 34.346 no empate em 1 a 1 com o Maringá e 33.337 na vitória por 2 a 1 sobre o Galo Maringá.

AGENDA DO ATHLETICO

  • Cianorte – quarta-feira (31/01), às 20h, no Albino Turbay (Campeonato Paranaense)
  • PSTC – sábado (03/02), às 18h30, na Ligga Arena (Campeonato Paranaense)
  • FC Cascavel – quarta-feira (07/02), às 20h30, na Ligga Arena (Campeonato Paranaense)
  • Londrina – sábado (10/02), às 16h, no Estádio do Café (Campeonato Paranaense)
  • Operário – quinta-feira (15/02), às 19h, na Ligga Arena (Campeonato Paranaense)