Athletico empata com o Maringá e frustra torcida na Arena

Mais de 34 mil mulheres, crianças e PCDs acompanharam o jogo

As mais de 34 mil mulheres, crianças e PCDs que praticamente lotaram as arquibancadas da Ligga Arena esperavam uma vitória do Athletico. No entanto, o Rubro-Negro tropeçou na estreia em casa no ano do centenário e ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Maringá.

Serginho, de pênalti, colocou os visitantes na frente e Mateo Gamarra, que entrou no intervalo, deixou tudo igual.

O segundo tropeço consecutivo deixou o Furacão com cinco pontos em três rodadas do Campeonato Paranaense. O time comandado por Juan Carlos Osório tem uma vitória contra o Andraus e dois empates.

Sem muito tempo de descanso, o Athletico volta a campo no próximo sábado (27), às 18h30, para enfrentar o PSTC. O jogo terá mais uma vez apenas as presenças de mulheres, crianças e PCDs.

ATHLETICO SAI ATRÁS E EMPATA NO SEGUNDO TEMPO

Mesmo fora de casa e com a torcida contra, o Maringá dominou o início da partida. O time visitante chegou a marcar um gol com Serginho logo aos quatro minutos, mas o árbitro anulou. O assistente precisou entrar em campo para avisar sobre a irregularidade.

O Dogão não se abalou com o gol sofrido e abriu o placar pouco tempo depois. Robertinho desviou de cabeça, e o árbitro marcou pênalti por toque de mão de Kaíque Rocha. Na cobrança, Serginho deslocou Bento e mandou para a rede.

O problema rubro-negro poderia ter ficado maior, mas Caíque Rocha, com o gol aberto, mandou para fora. Do outro lado, o Athletico só levou perigo para o Maringá aos 37 minutos. Depois de cruzamento de Vinicius Kauê, Pablo desviou de carrinho e Dheimison salvou.

O Maringá voltou a levar perigo no último lance do primeiro tempo. Em contra-ataque, Robertinho tirou da marcação, invadiu a área e parou em grande defesa de Bento.

O técnico Juan Carlos Osório mexeu no Athletico para o segundo tempo e colocou a equipe com três zagueiros. Com a mudança tática, o Furacão voltou mais ofensivo e perdeu uma grande chance com Madson, que isolou a bola de dentro da área.

A pressão rubro-negra continuou intensa e o empate saiu aos 17 minutos. Madson invadiu a área pela dierita e tocou para o meio da área. Mateo Gamarra, que saiu do banco de reservas, mandou no canto e o marcou o primeiro gol desde a sua chegada.

Depois do empate, o Athletico seguiu no ataque em busca de virada, mas deixou espaço na defesa para o contra-ataque do Maringá. Em uma das oportunidades, o time visitante quase marcou o segundo. Rodrigo chutou de primeira da entrada da área e acertou a trave.

Os minutos finais foram de muita emoção e chances para os dois lados. Aos 45 minutos, Vilar cortou errado e quase marcou contra. Já aos 48, Bento errou na saída de jogo e tocou a bola nos pés de Miradinha, que isolou par longe do gol.

FICHA TÉCNICA – ATHLETICO 1X1 MARINGÁ

Data, horário e local: quarta-feira (24), às 19h, na Ligga Arena.

Athletico: Bento; Madson, Kaique Rocha, Lucas Belezi e Vinicius Kauê (Mateo Gamarra); Erick, Fernandinho e Tomás Cuello; Canobbio, Pablo (Julimar) e Romeo Benítez (Alex Santana). Técnico: Juan Carlos Osório.

Maringá: Dheimison; Ronald (Edison Negueba), Tito e Vilar; Marcos Vinícius, Rodrigo, Zé Vitor, Serginho (Mirandinha) e Caíque Silva; Robertinho (Parrudo) e Iago Santana (Max Miller). Técnico: Jorge Castilho.

Gols: Serginho (MFC), aos 11′ do primeiro tempo, e Mateo Gamarra (CAP), aos 17′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Marcos Vinícius, Ronald e Caíque Silva (MFC); Vinicius Kauê e Madson (CAP).

Arbitragem: Marco Antônio dos Santos Travessolo (PR), auxiliado por Ivan Carlos Bohn (PR) e Lucas Henrique Gowatiski (PR).

Público: 34.356 pessoas.