Economia
Confiança do empresário do comércio do Paraná cai em junho
Tânia Rego/Agência Brasil

Confiança do empresário do comércio do Paraná cai em junho

As condições atuais do empresário do comércio impactaram a diminuição

Mirian Villa - quinta-feira, 27 de junho de 2024 - 12:00

Após dois meses de estabilidade, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio registrou queda de 2,6% no Paraná. A média nacional encontra-se em 106,1 pontos, com uma variação mensal negativa de 0,5%.

O indicador aferido pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) e pela Fecomércio-PR (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná) baixou de 103,7 pontos em maio para 101 pontos em junho.

Entre os fatores que mais impactaram essa diminuição estão as Condições Atuais do Empresário do Comércio, que caíram 5% para 73,8 pontos, e as Expectativas do Empresário do Comércio, que registraram uma queda de 4,3%, chegando a 127,9 pontos.

Apesar das avaliações desfavoráveis sobre o cenário atual e futuro, os empresários do Paraná demonstram intenção de continuar aplicando: o subindicador Investimentos do Empresário do Comércio apresentou elevação de 1,5%, alcançando 101,2 pontos, com aumentos nos investimentos em infraestrutura e equipamentos (3,9%) e em estoques (2,1%).

A queda do subindicador foi mais significativa entre as micro e pequenas empresas, que registraram 100,9 pontos, uma redução de 2,6% em junho ante maio. No entanto, o indicador apresentou um aumento de 0,8% na variação anual. Entre os estabelecimentos de médio e grande porte, o índice ficou em 107,7 pontos, com uma redução mensal de 0,7% e anual de 1,1%.

Compartilhe