Colunas
Republicanos lança campanha de filiação “Mulher, Tome Partido!”

Republicanos lança campanha de filiação “Mulher, Tome Partido!”

Leia também: homenagem à Cida Borghetti, a posição de Richa e audiência sobre assedio em estádios

Pedro Ribeiro - quinta-feira, 13 de junho de 2024 - 16:04

O Republicanos Mulher lançará, sábado (15), em Curitiba, a campanha de filiação “Mulher, Tome Partido!”. O evento contará com a presença da ex-ministra e senadora, Damares Alves. Este é um novo momento para o Republicanos e “nós estamos focadas em ampliar a participação da mulher  conservadora no cenário político”, pondera Damares.

A secretária do Mulheres Republicanas no Paraná, deputada estadual, Mara Lima, recomenda que as mulheres precisam estar na política e ocupar os espaços de decisão, por serem agentes fundamentais na construção de políticas públicas.

“Precisamos que mais mulheres ocupem instâncias de poder. Mais participação feminina na política são mais políticas públicas em defesa da família! Como presidente da

O evento, que pretende reunir mais de 500 mulheres, também contará com a presença da secretária-executiva nacional do Movimento e ex-ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto, além do presidente do Republicanos no Paraná, Marcelo Almeida, e diversas outras lideranças políticas do Republicanos e de todo o estado.

O encontro será as 15 horas no Nuvem de Coco,  Rua Paulo Gorski, nº 1.740 – Mossungue – Curitiba/PR.

Richa vota pelo aumento da pena para crimes em escolas

beto richa
Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

O deputado federal Beto Richa (PSDB-PR), candidato à Prefeitura de Curitiba, onde foi gestor por dois mandatos, votou pela aprovação do projeto de lei que aumenta as penas de homicídio praticado em instituição de ensino em certas situações e o considera crime hediondo, o que o torna imprescritível. A proposta será enviada ao Senado.

Desde 2011, mais de 10 escolas foram atacadas por criminosos no Brasil. “Esse projeto é mais um instrumento para coibirmos crimes como o que aconteceu na cidade de Blumenau, em Santa Catarina, onde um jovem invadiu uma creche e matou quatro crianças e o caso de uma escola em São Paulo que foi alvo de um aluno que assassinou a professora com golpes de faca e deixou outras três feridas, além de um estudante. Nosso objetivo é dar segurança para nossos filhos”, afirmou Beto Richa.

Segundo o texto, a pena padrão de reclusão de 6 a 20 anos pode ser aumentada em 1/3 se o homicídio na instituição de ensino for cometido contra pessoa com deficiência ou com doença que acarrete condição limitante ou de vulnerabilidade física ou mental.

O aumento de pena será de 2/3 se o autor é ascendente, padrasto ou madrasta, tio, irmão, cônjuge, companheiro, tutor, curador, preceptor ou empregador da vítima ou por qualquer outro título tiver autoridade sobre ela, ou, ainda, se é professor ou funcionário da instituição de ensino.

Combate ao assédio nos estádios paranaenses

A Assembleia Legislativa do Paraná receberá na próxima quinta-feira, dia 20, às 14h, uma audiência pública para discutir o combate ao assédio nos estádios de futebol paranaenses A iniciativa é da deputada estadual Ana Júlia Ribeiro (PT-PR), que apresentou em abril um projeto de lei (216/2024) estabelecendo campanhas permanentes contra o assédio nos espaços esportivos.

“Será uma oportunidade para termos uma discussão ampla sobre o tema. Por isso, é importante a participação de coletivos de torcedoras, demais pessoas que frequentam estádios e de quem luta pelos direitos das mulheres”, destaca Ana Júlia.

O projeto de lei institui campanha permanente contra o assédio sexual, além de ações de prevenção e educativas em praças esportivas, ginásios e outros espaços destinados à prática de esportes, públicos ou privados.

Cida Borghetti é patronesse

do DEDICA, dos Amigos do HC

A ex-governadora do Paraná, Cida Borghetti, recebeu o título de patronesse do Programa DEDICA, Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente, mantido pelos Amigos do HC.

“A primeira infância é o momento mais importante no desenvolvimento das pessoas. O período do nascimento aos seis anos é quando ocorre o maior desenvolvimento cerebral, das habilidades cognitivas e socioemocionais.  Ao mesmo  tempo, é o momento onde as nossas crianças estão mais vulneráveis e, por isso, iniciativas como a do DEDICA são tão importantes”, afirma Cida Borghetti.

O presidente Domingos Murta destacou a importância do programa e os cuidados de crianças e familiares. “O que é feito dentro dessa casa é de extrema importância para a sociedade. São centenas de crianças assistidas pelos profissionais do DEDICA., não só do Paraná. Precisamos cuidar dessas famílias e garantir um futuro para essas crianças e adolescentes”.

Festerê de contratos emergenciais em São José

Em São José dos Pinhais, o vereador e pré-candidato a prefeito, Delegado Michel, protocolou uma denúncia no Ministério Público referente a vários contratos emergenciais realizados pela Prefeitura de São José dos Pinhais. Apesar das duras críticas recebidas, o Poder Executivo insistiu em continuar dispensando os processos licitatórios convencionais, firmando mais um contrato emergencial para cuidar das merendas dos CMEIs e escolas municipais da cidade.

Desde o final do ano passado e início deste ano, a Prefeitura de São José dos Pinhais tem demonstrado ineficiência em oferecer cuidados adequados aos alunos da rede municipal de educação. Desde o incidente com as merendas, ocorrido em dezembro do ano passado, a Secretaria de Educação do município enfrenta diversos problemas e oferece poucas soluções à população que depende do sistema de ensino municipal.

Dessa vez, o valor ultrapassou a marca de R$17 milhões, e, somados aos outros contratos desde 2023, já chegam a R$200 milhões em processos emergenciais. Isso evidencia o despreparo da atual gestão para lidar com contratos públicos.

Compartilhe