Pedro Ribeiro

Sondagem à Presidência da República nas eleições de outubro de 2022, realizada pelo Instituto Paraná Pesquisa nos dias três e oito de março com 2020 eleitores em todo o país, mostra um quadro diferente com diminuição da margem entre Lula e Bolsonaro.

Na pesquisa espontânea, Lula aparece com 25,8% das intenções de votos e Jair Bolsonaro com 21,5%. Com a margem de erro de 2,2%, para cima ou para baixo, os dois estariam tecnicamente empatados.

Já o pré-candidato do Podemos, Sérgio Moro, tem 2,3%; Ciro Gomes (PDT) com 1,9%, seguido por João Doria (PSDB), 0,4%, e André Janones (Avante), 0,1%. 

Na estimulada, Lula tem 38,9% contra 30,9% do presidente Bolsonaro. Sergio Moro aparece com 7,4%, Ciro Gomes 6,8%, João Doria 2,2%, Eduardo Leite 1,3%, André Janones 0,7%, Simone Tebet (MDB) 0,4% e Alessandro Vieira (Cidadania) 0,1%.

Em cenários de segundo turno, entre os três principais candidatos, Lula derrotaria Bolsonaro e Moro, enquanto numa disputa sem a presença do petista, o atual presidente derrotaria o seu ex-ministro da Justiça.